13 outubro 2007

Memórias de Natais passados... continuação

O Dia de Natal
...começava bem cedo na minha casa, pelas 7.30 horas já a minha mãe andava de pé. O galo tinha que ser cozido e levava muito tempo, depois de cozido fazia-se o arroz de cabidela (com as miudezas e o sangue) e o galo assava-se no forno.
Fazia-se ainda farófias com as claras com as claras que sobravam ou tentava-se fazer um molotov, mas coitado... nunca corria lá muito bem...
Eu acordava pelas 9.00 horas, comia e enquanto via o "Skin D'Ouro" estava encarregada da salada de frutas e da salada para o almoço.
Lá pelas 13.00/ 13.30 horas almoçava-se, depois do café e sobremesas arrumava-se a cozinha e passava-se a tarde a ver filmes na televisão e a comer velhoses.
O dia depressa chegava ao fim e eu ficava como ainda hoje fico, com uma sensação de vazio que nunca consegui explicar.
Era assim o Natal de quando eu era criança...

Sem comentários: